Biblioteca Aberta do Ensino Superior da Universidade de Aveiro

Biblioteca Aberta do Ensino Superior da Universidade de Aveiro >
ALFA - Comunidade BAES >
Artigos >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10849/318

Title: Processo de criação no fazer musical: uma objetivação da subjetividade, a partir dos trabalhos de Sartre e Vygotsky
Authors: Maheirie, Kátia
Keywords: Processo criativo
Música
Sujeito em Sartre e Vygotsky
Issue Date: 10-Jan-2020
Abstract: O sujeito é compreendido neste trabalho como constituído e constituinte do contexto social, e a música como uma linguagem reflexivo-afetiva, capaz de construir sentidos coletivos e singulares. Entendemos como reflexiva toda atividade humana que objetiva predominantemente uma racionalidade; e, como afetivas as objetivações que, embora mediadas por uma racionalidade, contemplam sobremaneira emoções e sentimentos. A partir dos trabalhos de Sartre e Vygotsky, compreendemos que nos processos de criação musical os sujeitos unificam dialeticamente a aprendizagem dos conhecimentos técnicos, numa postura afetiva, a qual implica em relações entre percepção, imaginação, sentimentos e emoções. O músico, no processo criativo, transforma os sons numa objetividade subjetivada, como negação dialética do determinismo de um contexto, já que nele deixa, necessariamente, a marca da sua subjetividade. O processo de criação musical deve ser compreendido sempre como um produto histórico-social, completamente inserido no contexto no qual se dá.
URI: http://hdl.handle.net/10849/318
Appears in Collections:Artigos

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Processo de criação no fazer musical.pdfpp. 147-153219.53 kBAdobe PDFView/Open
Processo de criação no fazer musical.rtfpp. 147-153216.07 kBRTFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace