Biblioteca Aberta do Ensino Superior da Universidade de Aveiro

Biblioteca Aberta do Ensino Superior da Universidade de Aveiro >
ALFA - Comunidade BAES >
Artigos >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10849/249

Title: Alterações morfofuncionais musculares em resposta ao alongamento passivo em modelo animal de imobilização prolongada de membro posterior
Other Titles: Muscle Morphological Changes in Response to Passive Stretching in an Animal Model of Prolonged Immobilization of Hind Limb
Authors: Rocha, Wanize Almeida
Gobbi, Gustavo Abrahão
Araújo, Vitor de Freitas
Santuzzi, Cíntia Helena
Coutinho, Gilma Correa
Nogueira, Breno Valentim
Gonçalves, Washington Luiz Silva
Keywords: Fisioterapia manual
Alongamento passivo
Imobilização prolongada
Atrofia muscular
Histomorfometria
Issue Date: 2010
Abstract: Introdução: O alongamento passivo ou estático (EAL) é frequentemente utilizado em programas de reabilitação e na área desportiva; porém, as alterações morfofuncionais ocorridas ainda não estão bem claras, principalmente após imobilização prolongada. Objetivos: Examinar as alterações morfofuncionais musculares produzidas em resposta a três semanas de exercícios de EAL em um modelo animal de imobilização prolongada de membro posterior (MP) em posição encurtada. Métodos: Foram utilizados 32 ratos Wistar divididos em quatro grupos (n = 8, em cada): A - grupo controle (CONT), B - grupo imobilizado por 21 dias (IMOB), C - grupo remobilizado por 21 dias (LIVRE), D - grupo alongados por 21 dias (ALONG). Foram comparadas as variações morfofuncionais entre grupos experimentais. As variáveis foram: peso corporal e muscular, comprimento muscular e ósseo, número de miofibrilas e quantidade de colágeno, determinadas através de histomorfometria muscular por contraste de cor. Resultados: A IMOB do bíceps femoral em posição encurtada produziu uma importante hipotrofia com hiperplasia muscular compensatória, além do aumento (p < 0,05) na deposição de colágeno no perimísio e intramuscular de ratos. A remobilização livre ou o alongamento passivo reduziram significativamente (p < 0,05) estas alterações morfofuncionais observados no grupo IMOB. Conclusão: Através desses resultados, pode-se concluir que tanto o EAL quanto a remobilização livre promovem a restauração das alterações morfofuncionais no bíceps femoral esquerdo induzida pela imobilização prolongada, embora somente o EAL foi capaz de reduzir a relação entre colágeno/músculo.
URI: http://hdl.handle.net/10849/249
ISSN: 2179-3255
Appears in Collections:Artigos

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Alterações Morfofuncionais Musculares.pdfp. 450–454447.82 kBAdobe PDFView/Open
Alterações Morfofuncionais Musculares.rtfp. 450–45412.96 MBRTFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace