Biblioteca Aberta do Ensino Superior da Universidade de Aveiro

Biblioteca Aberta do Ensino Superior da Universidade de Aveiro >
ALFA - Comunidade BAES >
Teses de doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10849/169

Title: Aspectos psiconeuroimunológicos de idosos cuidadores de pacientes com demência
Authors: Jeckel, Cristina Maria Moriguchi
Keywords: Medicina
Psiconeuroimunologia
Medicina Psicossomática
Idosos (Psicologia)
Issue Date: 2006
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Abstract: Introdução: O cuidado diário de pacientes com demência constitui um modelo naturalísti-co de estresse crônico que pode acelerar características próprias do processo de envelhecimento. Alterações no perfil imunológico e endócrino (e.g. aumento dos níveis de cortisol, a redução da proliferação dos linfócitos T e o aumento de citocinas inflamatórias) tem sido observados em estudos anteriores como reflexos da sobrecarga emocional. O objetivo deste trabalho é avaliar como o estresse crônico do cuidado diário de um familiar com doença de Alzheimer pode interferir nos aspectos psiconeuroimunológicos do processo de envelhecimento saudável. Métodos: Participaram neste estudo 41 cuidadores de 40 a 82 anos (60,56 maios ou menos 1,81) e 33 não-cuidadores de 40 a 90 anos (60,27 mais ou menos 2,46) estritamente saudáveis, selecionados segundo os critérios do protocolo SENIEUR. Os inventários de depressão, ansiedade, estresse e coping foram avaliados como indicadores da carga emocional e estratégias de enfrentamento ao estresse. Níveis salivares de cortisol foram mensurados ao longo do dia (8h, 12h e 20h) e sulfato de dehidroepiandrosterona (DHEAS) pela manhã (8h). Sangue periférico foi coletado pela manhã para avaliação da proliferação dos linfócitos T e sensibilidade celular a glicocorticóides (dexametasona, DEX; corticosterona, CORT). O teste de supressão a DEX (TSD) foi avaliado através da administração noturna de 1 mg de DEX (VO) e mensuração do cortisol salivar pela manhã do dia seguinte. Resultados: Os cuidadores eram mais ansiosos, deprimidos e estressados em comparação aos controles, apesar de não ter sido constatada elevação nos níveis de cortisol salivar. As estratégias de enfrentamento do estresse (coping) mais empregadas pelos cuidadores eram suporte social, reavaliação positiva e resolução de problemas. O nível de DHEAS salivar dos cuidadores era mais baixo em relação aos controles, aumentando significativamente razão cortisol/DHEAS. Identificou-se uma parcela significativamente maior de cuidadores não-supressores no grupo cuidador (29,3%) em relação ao grupo controle (3%). Foi observado um aumento da proliferação linfocitária nos cuidadores e sensibilidade maior a CORT e resistência a DEX. Conclusões: O estresse crônico pode causar o surgimento precoce de características inerentes ao processo de envelhecimento, como o aumento dos valores da razão cortisol/DHEAS e sensibilidade alterada a glicocorticóides. Contudo, o excelente estado de saúde (SENIEUR) parece proteger os indivíduos estressados das alterações nocivas de cortisol. É relevante considerar que as variabilidades inter-individuais podem se refletir nas interações dos fatores psicológicos e sociais com os processos biológicos.
Description: Doutoramento em Gerontologia Biomédica
URI: http://hdl.handle.net/10849/169
Appears in Collections:Teses de doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Aspectos psiconeuroimunologicos de idosos cuidadores de pacientes com demência.pdf1 MBAdobe PDFView/Open
Aspectos psiconeuroimunologicos de idosos cuidadores de pacientes com demência.rtf11.28 MBRTFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace